TAG Chatice Literária

Oioioi!

Eu já sou chata normalmente, imagina só podendo ser chata…

aLKoBBV_460sa

Nessa TAG eu respondi algumas perguntinhas que nos fazem parecer verdadeiras malinhas rsrsrs

As perguntas da TAG são:

  1. Um livro que você achou que seria legal, mas foi chato?
  2. Um livro que todos dizem que é fantástico, mas você não gostou?
  3. Um livro que tinha tudo pra ser bom, mas é chato?
  4. Um livro com personagem principal intragável?
  5. Um livro com final terrível?
  6. Universo em que você nunca gostaria de morar?
  7. Livro que você tem na estante, mas tem medo de ler por parecer chato?
  8. Livro que tinha tudo para ser chato, mas foi bom?

Espero que gostem do vídeo!

Anúncios

Vlogando #8

Oi oioi

Tudo bom pessoal?

Nessa semana nós fomos em dois lugares para ficar com nossos amigos queridos!

Eu e #SinarAnne (só vou chamar vocês assim agora hahahahaha) fomos na Cobal do Humaitá, mas a escolha lá não foi tão sensacional… Fomos no Galeto Mania, que no cardápio parecia tão melhor do que foi a experiência em si. A comida não é super baratinha, mas o chopp estava legal e segundo a Sinara a geleia de pimenta também.

Galeto mania (TripAdvisor) – R. Voluntarios da Patria, 448 | Humaitá, Rio de Janeiro, Estado do Rio de Janeiro 22270-010, Brasil

Como vocês podem ver no vídeo eu cortei meu cabelo e agora estou moicanizada! Nunca pensei em cortar meu cabelo moicano, mas agora estou super amando minha carequice….

2015-08-03 13.34.47

E, por fim fomos ao Churrasco Gaúcho na Tijuca para ver a luta das muié lá (Rhonda e Beth). O lugar estava lotado, mas o pessoal foi super super fofo e arrumou um lugar para nós. A comida lá é churrasquinho, do mais simples aos mais diferentes e eu curti bastante. O preço é bastante convidativo (R$7,00 o churrasquinho mais simples) e o ambiente é bem descontraído, embora barulhento.

Churrasco do Gaúcho (TripAdvisor) – Rua do Mattoso, Tijuca, Rio de Janeiro, Estado do Rio de Janeiro, Brasil

Veja só o nosso vídeo!

Vlogando #4

Oioioioioi

Esse fim de semana foi de preparação para a Maratona Literária de Inverno, então a missão era dormir para aguentar ler de madruga, mas eu falhei na missão da madruga e só dormi mesmo haha

anigif_enhanced-6863-1400117628-1

Nós também fomos no Rei do Bacalhau, que fica na Rua Guilhermina, 596 no bairro do Encantado aqui no Rio. Bom, a música lá não é meu tipo e não fomos bem atendidos então ficou bem complicado gostar, mas uma coisa eu preciso dizer: O bolinho de bacalhau era perfeito!

Vou deixar aqui para vocês sempre as avaliações dos lugares que citarmos! Só clicar aqui!

Mas não esqueça de ir lá ver o vlog!

Beijo procês

Testei: Footner

Quem me conhece sabe que eu não sou a pessoa mais vaidosa do mundo… Eu sempre esqueço de passar hidratante, protetor solar, cuidar de pé, mão, cabelo… Eu sou um verdadeiro menino.

Sabendo disso, eu tenho buscado me cuidar um pouco mais, afinal daqui há uns anos eu vou me tornar uma velhotinha e pelo menos o bagaço vai estar melhorzin…

Foi nessa vibe que eu resolvi começar a testar uns produtinhos. Para começar eu testei o Footner: Meias esfoliantes.

532665

“Footner meias esfoliantes faz um verdadeiro peeling nos seus pés. Com uma aplicação única de 60 minutos, os pés perderão camadas de células mortas, deixando-os livres das asperezas e calosidades, além de macios como pés de bebê. 
Acelera a renovação da pele reduzindo asperezas e calosidades.
Renova a pele sem cortar, sem esfregar e sem doer. Fácil de usar.
Dermatologicamente testado.”

Isso é o que a marca promete, e vou te dizer: cumpre.

O modo de usar é simples, você tira da embalagem e a “meia’ que parece um saco plastico vem fechadinha por causa do produto que tem dentro. Daí você corta a parte de cima, enfia o pé lá dentro e aguarda 60 min. O ideal é colocar uma outra meia por cima para que ele fique bem fechadinho.

Footner

Depois de aguardar é só lavar os pés para retirar o gel e esperar que em uns cinco dias a pele sai todinha e deixa o pé mais novinho, limpinho e sem as peles mortas.

Vou te falar, o lance é tenso… Eu acho que nunca vi tanta pele… Parecia uma cobra saia pele de tudo que é lado, então eu super recomendo que você escolha uma época mais fria para fazer isso por dois motivos: 1, ficar com essa meia por 60 minutos nesse calor do cacete dá uma agonia muito grande e 2, no verão temos costume de andar com sandálias mais abertas então o seu pé de cobra descascado vai ficar em evidência. Se você não se importar tudo bem…

footner 2

Enfim, a minha avaliação do produto é positiva, eu realmente achei que ele deu uma limpada no pé e o deixou super macio. Mas acho que o precinho dele é meio salgadinho (R$ 63,50 em promoção nas famácias on line e só vem com 1 par).

Outro ponto importante é que embora eu não me cuide, meu pé não é cascudo e minha pele não é grossa demais, assim é fácil que o resultado não seja negativo. Caso você tenha um pé mais “difícil” eu super recomendaria ir a uma podóloga para avaliar…

Beijos com pé de bebê!

Intolerância a gente chata…

Eu juro que gosto do Facebook, eu acho uma rede super bacana. Super divertido ver as coisas que as pessoas postam, saber onde vivem e o que fazem… Mas mimimi tem limite. E e meu já está sendo superado.

tumblr_inline_n93sikz9XT1r79k32

Eu sempre achei que cada um tem uma vida para que cuide dela e não da dos outros. Só que eu vejo um movimento tão gigante de gente dizendo o que é certo ou errado, do que se deve ou não fazer, tudo isso baseado na grande experiência e sabedoria da própria pessoa.

Primeiramente, quem diabos esse povo pensa que é para ficar dizendo o que os outros tem ou não que fazer?

Segundamente, quem se importa com a opinião dessa pessoa?

Eu acho que nada no planeta me irrita mais do que gente dizendo que eu tenho que vestir isso, comer aquilo, falar daquele jeito e gostar de certas coisas. Somos indivíduos, INDIVIDUOS como no dicionário:

s.m. Ser humano; pessoa considerada de modo isolado em sua comunidade, numa sociedade ou coletividade; o ser que faz parte da espécie humana; o homem: os direitos dos indivíduos.
Biologia. Ser único de uma espécie; ser que se distingue dos demais.

Mesmo em uma comunidade somos considerados seres únicos, assim, se você não gosta de tatuagem, mas gosta de Mozart e falar sobre filosofia, saiba que pessoas tatuadas podem ser eruditas também… (tipo eu, rs)

Cádique eu to falando isso?

Recentemente o facebook criou a gracinha de você publicar fotos que dão significado ao seu ano, como numa retrospectiva, muitas pessoas fizeram isso nos seus facebooks (?) e muitas outras repudiam, falam mal, ficam putas por elas fazerem isso no espaço delas e a partir daí começam a ser agressivas dizendo coisas como: pessoas bregas, idiotas, que coisa babaca e por aí vai.

J98euA5

Mas o que elas não veem é que talvez o conteúdo que elas geram nas suas páginas  pode não ser assim a coisa mais legal do universo e que nós mortais podemos achar que ela é uma pessoa brega, idiota, que posta coisa babaca e por aí vai. A questão está na postura que você toma quando vê um conteúdo que não está afim de ver.

Eu por exemplo, se eu gosto da pessoa eu bloqueio, por amor, caso eu não gosto tanto assim, eu simplesmente excluo. Afinal a página é minha, o conteúdo é meu, aquele espaço é meu, então não existe obrigação em ver coisas que eu não quero.

Como na época de eleição que as mesmas pessoas chiques que só geram conteúdo de qualidade nas suas páginas (SQN), e a gente acaba tendo que ver no feed, postavam 56798358327 mil coisas sobre seus candidatos favoritos 24 horas por dia. Bloqueei alguns, exclui outros, vivi minha vida.

Já eles, estão lá agora a reclamar das pessoas felizes que tiveram um ano maravilhoso e estão solenemente cagando em suas cabeças… é muito có có có pra pouco ovo minha gente…

A História Sem Fim

Quem nunca se emocionou com Bastian?

Nunca quis voar nas costas de um dragão da sorte?

E, nunca chorou que nem um bebê pela morte de Artax?

 

Meu amigo se você nunca viveu nada disso então eu ouso dizer que sua infância foi bem vazia.

História sem fim esta no topo da lista dos meus livros preferidos.

 

 

Primeiro porque achar o livro foi uma tarefa hercúlea. Eu na verdade não achei, mas ganhei de presente e ate então não ouso nem emprestar. Esse livro já foi embora do pais comigo e quando voltei trouxe comigo de volta.

 

Acho que na verdade eu sempre me identifiquei com Bastian. Sempre fui perseguida na escola (por ser bonita fazer o que rs #sqn) e sempre amei livros e sempre quis que algo mágico acontecesse na minha vida.

 

E é exatamente isso que Bastian (o principal personagem) vive. Ele é só um menino que e perseguido por meninos maus e quando entra em uma biblioteca improvável ouve um pedido de ajuda vindo de um livro. O problema e que enquanto ele lê a história, as coisas realmente acontecem no reino de Fantasia.

 

 

E ele decide ganhar coragem pra ajudar a salvar Fantasia.

Personagens maravilhosos em um cenário que a sua imaginação pode voar à vontade, se você nunca leu o livro não sabe a história magnifica e cheia de significado que esta perdendo. É uma historia sobre vencer os medos e ser dono de seu próprio destino. De escolher o caminho às vezes errado e tentar voltar ao caminho certo. Uma história onde um dragão da sorte faz toda a diferença e o maior inimigo é surpreendente.

 

 

Com certeza esse livro será contado aos meus filhos. E eu nunca vou parar de lê-lo.
Livro: História sem fim, A
Autor: Michel Ende
Editora: Martins Fontes
Claaaaaaaro que se você não quiser ler o livro, uma pena, pode ver o filme que também é legal! Mas só o primeiro… A partir do segundo a coisa começa a desandar…

 

Super ultra mega recomendo.

Os homens são de marte e qualquer coisa é melhor que esse filme….

Todo mundo sabe que estamos em plena Copa do Mundo…

Mas tem gente que não gosta muito de futebol, o que não é meu caso….

Mesmo assim, domingo eu deixei de ver o jogo dos Hermanos para ver um filme chamado: Os homens são de marte e para lá que eu vou…

Eu não sou crítica de cinema e nem crítica de coisíssima nenhuma ( a não ser de gente), mas não tem como você sair do cinema (caso consiga ficar até o final) e não sair criticando o filme.

O filme é lento, chato, sem graça e bem apelativo. Eu tenho algumas amigas que são solteironas, mas não me lembro de nenhuma delas ser tão vazia e volátil como a Fernanda (protagonista). A própria Fernanda parece nem se suportar…  Ela muda de homem e muda de opinião, não sei se as minhas amigas solteiras tem muita personalidade ou se elas só não estão desesperadas completamente.

Se Fernanda namora um cara rico e aventureiro ela se vê fazendo um monte de coisa que não ta afim e gastando dinheiro que não tem pra ficar com o cara, se namora um político ela passa a ler revistas políticas para “ter assunto”, os outros relacionamentos eu não sei como é porque eu saí no meio do filme…

Mas você vai me dizer que é claro que as pessoas fazem isso, e eu vou te responder que mais ou menos rs. Claro que eu vou ler e tentar agradar a pessoa que está comigo, mas não no nível de desespero da guria… Até o Paulo Gustavo não está legal no filme… Aí não tem pra onde correr né?

Enfim, seja do jeito que for o filme é muito chato e a melhor piada do filme inteiro foi:

– Um cara sentou pelado na purpurina, qual o nome do filme?

– Anus Dourados…

Depois dessa, só saindo do cinema mesmo… E o pior é que eu ri.

A avaliação que eu faria desse filme só pode ser:

Um belo controle remoto para se você estiver assistindo em casa ter a chance de mudar de canal!

Cinemas dublados

“O cinema é uma arte repleta de sutilezas que precisam ser respeitadas, e a manutenção do áudio original é uma forma de respeito”, afirma Laure-Bacqué, sócia diretora do Cinema Reserva Cultural,

O pior de tudo é ver que toda essa separação de dublado/legendado vai além disso, chega até ser preconceito. Aqui no Rio se você mora na parte rica da cidade seu cinema tem uma vasta lista de salas com filmes legendados, mas se mora nas partes menos nobres aí vai dublado mesmo… Ou seja, é preciso morar em bairro nobre para poder ver filmes legendados, o que é um verdadeiro absurdo. Cinema deveria ser um lugar que todos pudessem ter perto de casa e que houvesse opção para ambos nichos.

Eles querem que a cultura chegue a todos, mas da forma que eles acharem melhor. afinal é melhor educar o povo para assistir um filme dublado com o conteúdo que for mais interessante para quem dubla do que educar o povo para saber ler e apreciar a obra como um todo.

Ê Brasil…