Como aproveitar o feriado! :)

Venho hoje falar de uma coisa que eu aproveito demais nos feriados: Netflix.

Se você não esteve no planeta Terra nesses últimos anos não deve estar sabendo que existe um serviço de streaming de filmes e séries chamado Netflix, com ele é possível fazer uma assinatura mensal e desfrutar de uma biblioteca gigantesca de títulos.

E não é só, você consegue assistir da TV diretamente (nas smarts TVs), no videogame, no tablet, no celular, no Home Theater, enfim, a ideia é que com um aparelho que permita conexão com a internet você possa desfrutar do serviço.

Você deve estar achando que o Netflix é um serviço caro… Não.

Atualmente você pode fazer dois tipos de assinatura:

  • R$ 16,90 ao mês (dá direito a ver em 2 aparelhos simultaneamente)
  • R$ 25,90 ao mês (dá direito a ver em 4 aparelhos simultaneamente)
  • Sem contar que os primeiros 30 dias são “DE GRÁTIS” para testar

Como na minha casa somos 2 o plano mais baratchenho já serve bem pra nós.

Enfim, eu acho que é um serviço que não é caro e que vale a pena você ter para acompanhar certas séries (principalmente as que já acabaram, porque o serviço demora um pouco para atualizar), ver filmes antigos e alguns mais recentes também, e até ver aquelas novelas mexicanas engraçadas rs Para quem tem pequenos em casa também é legal já que o acervo deles de desenhos e filmes infantis é bem legal.

Agora eu tenho certos preferidos e seriados que eu conheci vendo no Netflix, já que era bem melhor pagar 16,90 para ver do que comprar um box inteiro e me decepcionar. Então fiz uma listinha dos meus preferidos, veja se não anima!

Os Pilares da Terra (The Pillars of the Earth): Conflito político, grandes paixões e ambição alimentam essa minissérie centrada na construção de uma catedral na Inglaterra do século XII.

Realmente eu fiquei presa nessa mini série, eu já queria muito ler o livro e depois dela é claro que corri pra ele. Foi brilhante como eles conseguiram reproduzir tudo, realmente as construções das catedrais para a época eram grandes feitos e que faziam a diferença nas cidades e as ajudava a prosperar. Aqui no seriado é possível ver as relações, a política… É bom demais. Recomendo

Lie to Me (Lie to Me): Dr. Cal Lightman ajuda a polícia com seus conhecimentos sobre o comportamento humano e com sua capacidade de saber quando alguém está mentindo.

Esse eu comecei a ver por causa do meu marido. Mas agora eu to descobrindo que eu gosto bastante. É um tipo de série que um episódio não prende ao outro então dá para ver com calma, mas é impossível você não começar a prestar atenção aos sinais que as pessoas dão quando parecem estar mentindo… De esquizofrenar esse aqui.

Na Hora da Zona Morta (The Dead Zone): Um homem desperta de um coma de cinco anos com um sexto sentido: a capacidade de ver o passado, presente e futuro de uma pessoa pelo contato físico.

Bom, taí uma coisa que eu comecei a amar e não sei se vou conseguir parar… Stephen King. Desculpem-me todas as pessoas que sempre acompanharam e tal, mas eu apenas comecei então estou deslumbrada com esse homem! Esse filme é muito interessante, tem sobrenatural como um bom Stephen King, mas existe algo muito perturbador em saber o que vai acontecer e não saber como agir… Vale conferir.

O Grande Truque (The Prestige): Mágicos rivais tentam revelar os segredos uns do outros e começam a fazer números cada vez mais perigosos e cada vez mais mortais.

Esse foi outra indicação. Achei meio: ah ta, mágico? Sério? Mas aí fui vendo, me envolvendo e quando chegou no final tive que ver de novo para acreditar. Um final bem surpreendente e diferente. O filme pode não ser um super Blockbuster, mas te prende e acaba de surpreendendo… Curti.

Ray (Ray): Nesta cinebiografia, Jamie Foxx interpreta o lendário músico Ray Charles, que surgiu da obscuridade, superou seus problemas e se tornou mundialmente famoso.

Você gosta do Ray Charles? Não? Gosta de Jazz? Não? Mas eu dú-vi-do que nao vá gostar desse filme. Muito maneira a história dele e todas as coisas que se passam… Todas as artimanhas para não ser passado para trás. Gostei, recomendo e peraí que eu vou ver de novo…

O Estranho Mundo de Jack (The Nightmare Before Christmas): Cansado da rotina de sustos do Dia das Bruxas, Jack Esqueleto quer espalhar a alegria do Natal. Mas sua missão coloca Papai Noel em perigo.

Amo. Ponto. Eu posso não ter muita intimidade ainda com o Stephen King mas eu AMO Tim Burton (tá, eu sei que ele não se envolveu tanto na produção e direção do filme, mas o poema em que ele foi inspirado é dele né). E esse filme é tão bonitinho…

Como Treinar seu Dragão (How to Train Your Dragon): Um jovem e desajeitado Viking desafia todas as tradições ficando amigo de um dos mais mortais inimigos da tribo: um feroz dragão.

Olha aí a oportunidade! Aproveita que vai estrear o “Como Treinar seu Dragão 2″ e já vai lembrando do primeiro. Eu amo esse filme, amo dragões e amo vikings. Pronto taí uma receita de sucesso para eu gostar do filme…

Agora deu até uma vontade de ir começar a assistir…

Esse post, tem cara, gosto e cheiro de publicidade, mas não é não viu! É só porque eu realmente gosto e acho que vale a pena que estou indicando…

Mas e você? Gostou das dicas? Qual o seu filme preferido?

Dance Central Xbox 360

Você gosta de dançar????

Eu gosto! E pensando em pessoas como eu a Harmonix lançou em 2010 o Dance Central, um jogo de dança que viria para competir com Just Dance que na época fazia um sucesso com quem tinha Wii. A diferença dos dois jogos é bastante aparente, Just Dance tinha sido lançado anteriormente para Wii, que sempre teve jogos mais infantis, e talvez por conta disso o visual de Just Dance é mais parecido com desenho, com cores bastante gritantes e passos mais fáceis e divertidos.

Dance Central veio para quem gosta de dançar a coreografia mesmo. Os passos são mais difíceis, até no nível médio a dificuldade é alta, mas é muito divertido e as músicas são bem conhecidas. Os personagens são divididos em times e durante o jogo existem algumas conquistas para liberar mais personagens, roupas, etc… Os personagens são:

  • Riptide: Emilia (Minha preferida!) e Bodie
  • DCI: Rasa e Lima
  • Lu$h: Angel e Miss Aubrey
  • Hi-Def: Mo e Glitch
  • Flash4wrd: Taye e Li’l T.
  • M.O.C: Dr. Tan e Oblio
  • D-Coy: Maccoy e Dare
  • The Glitterati: Kerith e Jaryn
  • D-Cypher: Cyph56 e Cyph78
  • Icon: Frenchy e Marcos
  • Ninja: Shinju, a.k.a “Pink Ninja” e Kichi, a.k.a “Blue Ninja”

Alguns deles só aparecem quando você joga no modo História, onde tem que derrotar o chefão com um desafio de dança, bem difícil! Tem várias formas de jogar e dá para emagrecer jogando!

  • Perform It: Modo single-player do jogo, em que o objetivo é concluir essas rotinas de dança para ganhar uma pontuação elevada.
  • Workout Mode: Uma extensão para o modo normal em que o número de calorias queimadas também são monitorados, juntamente com o tempo de treino.
  • Dance Battle: Dois jogadores competem em contra em uma batalha de dança. A pessoa com a maior pontuação será o vencedor. No caso raro de haver um empate na pontuação, o jogador que passou mais movimentos ganha.
  • Challenge Mode: Quando todas as músicas (quatro ou cinco) em cada categoria têm dificuldade em pelo menos quatro estrelas em cada uma, um desafio baseado na dificuldade é desbloqueado. Este modo aumenta a dificuldade do jogo por ter porções de quatro ou cinco músicas combinadas em uma só, assim, misturando-se os movimentos da dança. Todos os desafios devem ser preenchidos com quatro estrelas em cada desafio, a fim de desbloquear o desafio final.
  • Break It Down: Um modo de prática que permite os novatos para aprender passos de dança mais avançados em um processo passo-a-passo.

Como uma boa ariana eu adoro jogar competindo com alguém. E isso era meio complicado porque aqui em casa o povo não se anima muito de jogar comigo (deve ser porque sempre ganho muahahahahha), mas meus problemas acabaram com o Dance Central três já que agora o placar dos nossos amigos do Xbox Live fica sempre aparecendo então ele nos coloca na ordem de pontuação. Só tem um probleminha…

Minha amiga linda fez um score IMPOSSÍVEL de ser batido no Gangnam Style, já joguei no modo difícil e ganhei cinco estrelas douradas (pontuação máxima) e não bato esse record… Sacanagem…. Abaixo o vídeo da música dançado pelo AverageAsianDude, o cara é demais… No canal dele tem todas as músicas que ele dança, sempre com 100% e cinco estrelas douradas!

E ai? Se animou?

O Reverso da Medalha (Master of the Game) Editora Record

Atención! Este post tem spoiler sobre o livro… Leia por sua conta e risco!

Desculpem- me todas as pessoas que irão julgar isso, mas eu amo o Sidney Sheldon…

Alguns dizem que ele é um escritor para pessoas que ainda não estão com gosto apurado para leitura… aham ok.

Mas enfim, O Reverso da Medalha (Master of the Game em inglês) conta a história de Kate Blackwell uma milionária muito sagaz que além de protagonista é a antagonista do livro. Isso mesmo… Ela é mocinha e vilã, boa e má, triste e feliz, eu traduziria isso como: ser humano…

Capa Brasileira da última edição

Ela tem os dois lados, como todos nós ela tem coisas que esperam que aconteçam na vida dela, claro que nem sempre ela precisava passar por cima de tudo e todos pra conseguir chegar onde quer, mas eu vou te falar, eu amo essa mulé!

Ela é um personagem muito forte, toma conta do livro inteiro.

A história começa quando o pai dela, Jamie McGregor, consegue sair de uma vida muito pobre e conquistar riqueza o bastante para começar um pequeno império, isso depois de ser tapeado, usado e sacaneado bastante. De um casamento infeliz nasce a nossa Kate, mas ela já não é fácil desde o início. Foi criada como um menino, já que o filho herdeiro e seu irmão morreu cedo. Foi criada para ser forte e cuidar de si mesma, e ta aí uma coisa que ela faz bem.

Sidney Sheldon

Se tem uma coisa que a Kate ama mais que a si própria é a sua empresa… Assim, quando seu filho Tony cresce e não mostra interesse pelo legado do avô ela dá umas surtadinhas e tenta fazer de tudo para que ele mude de ideia e assuma o império da família, mas isso acaba não acontecendo…

Tony então se casa e sua esposa dá a luz a duas meninas gêmeas Eve e Alexandra. Eve é parecida com a avó, mas em vários momentos chega a ser muito pior que ela, já Alexandra é fofa e querida como o pai.  É claro que a Kate investe em Eve para assumir o império, mas com o tempo descobre que não foi uma boa ideia já que Eve é uma cobra… O melhor é o castigo que a Eve recebe por ser tão escrota…

Enfim com o tempo você cria uma relação de amor e ódio com Kate, porque chega a entender porque ela toma certos caminhos, mas nem sempre dá para concordar com tudo o que ela faz… quase nunca… ah mas eu gosto dela.

Outro personagem que você deve amar é o Banda. Amigo de James acaba ficando amigo e guardião da família, Kate ama muito Banda, mais como um pai e cuida dele com muita lealdade. A relação deles é linda e mostra como ela é humana.

Eu gosto muito dos livros de Sidney Sheldon, seus personagens são humanos, não puritanos (eu odeio gente puritana). As protagonistas sempre tem um lado obscuro, mesmo que tentem ocultar e isso faz parte da nossa natureza como seres humanos. Eu acho a leitura desse livro fantástica. Ela flui muito bem e vale a pena viver um pouco como Kate…

Altamente super hiper recomendado!

Minha avaliação:

Um super controle de ouro que ele merece!

Aplicativo “Eu Sei”

Hoje eu conheci o novo joguinho do momento o: EU SEI…

Preciso te avisar que eu já estou completamente viciada?

O jogo consiste em você adivinhar cada figura que aparece, seja ela uma novela, um filme, um cantor etc etc. Cada vez que você acerta ganha 100 pontos e $1 dinheirinho (de mentirinha). Cada vez que erra, perde 10 pontos. O interessante é conectar com o Facebook e disputar com os amigos!

Eu tenho só um pequeno problema, eu sou super ultra mega competitiva… Então quando entrei no aplicativo hoje e vi que estava bem lá embaixo na classificação dos meus amigos eu dei uma leve surtada e corri atrás do prejuízo…

Agora estou em segundo! Muahahahh ; )

Baixe aqui para iPhone e Android

O Senhor dos Anéis LEGO – Xbox 360

Então, bora começar a falar de videogame?

Para começar eu não poderia ir por outro caminho senão… SENHOR DOS ANÉIS!!!!!!!

Pra mim é a melhor franquia de todas, eu gosto muito, muito mesmo de Star Wars, Star Trek, Harry Potter, mas nada me deixa mais feliz que ver o Gandalf em ação… Sem contar os elfos (eu amo elfos), Hobbits, Anões, Galadriel! Enfim é o mundo fantástico que eu mais gosto, talvez pelos loooongos anos de RPG ambientado em Tagmar, D&D etc…

Mas o que eu vim falar aqui foi mesmo do jogo Senhor dos Anéis LEGO. Para começar eu acho que os jogos de LEGO são sempre muito divertidos, eles sempre encontram uma forma de contar a história de uma forma mais divertida e animada, então sempre dá para dar umas risadas. Em Senhor dos Anéis não foi muito diferente. Nesse jogo eles mantiveram as falas e introduções do filme, e ao contrário dos LEGOS anteriores, nesse jogo os personagens falam.

O que eu achei:

O jogo é bem fiel a tudo o que rola no filme (dá até vontade de ver o filme de novo). Os personagens tem jogabilidades diferentes o que é legal para que você possa ter a oportunidade de testar todos eles. O único personagem que eu não gostei (e não gosto nem no filme) foi o Frodo. Cara, ele é muito inútil, até o Sam é mais útil que ele no jogo.

A única coisa que ele pode fazer, e os outros não, é usar o anel para ficar invisível e montar algumas coisas para os outros personagens cumprirem as missões, e mesmo assim tem que tomar cuidado porque se ele for “seduzido” pelo poder do anel o resto do grupo pode ter problemas, ou seja, muuuuuito útil #SQN.

Já o destaque de personagem mais engraçado com toda a certeza vai para o Gimli. É muito divertido jogar com ele e poder sair quebrando tudo e matando todos os orcs. Sem contar as partes que você precisa arremessá-lo e ele pede para que você “não conte ao elfo”.

E, falando em elfo, o Legolas também é um bom personagem, porém na hora do combate corpo a corpo às vezes ele demora largar o arco e flecha e sempre fica levando porrada até pegar as espadas, mas dá pra ajustar.

As melhores partes do jogo são as de guerra e quando o trio Gimli, Legolas e Aragorn estão juntos. Gandalf também é um ótimo personagem para se jogar… E ainda tem fases de duelo com Saruman e o combate corpo a corpo com Balrog, bem legais!

Enfim, o jogo em si é cheio de ação, muita aventura e divertidíssimo. Acho que a LEGO vai melhorando cada vez mais seus jogos e se supera a cada novo jogo que faz. Vale super a pena ter e jogar, e agora que ele não é mais um lançamento o preço tá menos salgado 90 dinheiros pagam!

Minha avaliação:

Controle de ouro, afinal o jogo é realmente muito bom e surpreende bastante. E como é Lego é sempre um jogo para jogar mais de uma vez, cumprir todas as missões com calma, comprar personagens, enfim as possibilidades são muitas.

Abaixo o vídeo do jogo. Enjoy!

Corra, Luke, corra!!!!

Ai que eu to morrendo de inveja dos meus amigos paulistas…

Ta sabendo não?

Vai rolar em SP o Star Wars Run!!! Ou como dizem: “May the forth be with you” (trocadilho com a frase “May the force be with you”)…

O Star Wars Run nada mais é que um evento para comemorar o dia mundial de Star Wars… Então foi criado um evento para tirar todos os nerds do sedentarismo!

 

A ideia é correr 6k (para quem esta acostumado a correr é tranquilissimo), e quem chegar em primeiro lugar vai ganhar uma viagem para o Star Wars Weekend em Orlando com acompanhante e 1 ANO de cinema DE GRÁTIS

 

Para motivar os participantes, um batalhão de Stormtroopers e integrantes da ordem Jedi estarão presentes para encorajar todos os corredores.

 

Como em todos esses eventos, vai rolar o tradicional concurso que vai premiar os 3 melhores trajes com um kit de produtos e um pôster exclusivo e fora os outros sorteios.

Sério, eu queria muito correr… Na verdade já que é em SP eu me contentava em comprar o kit!

 

 Kit da corrida

 

O valor para participar da corrida custa R$135 a inteira e R$67,50 a meia e a retirada dos kits será feita nos dias 1º, 2 e 3 de maio na Livraria Cultura do Shopping Iguatemi. As inscrições também podem ser feitas pelo site http://www.starwarsrun.com.br

Eu querooooooooooo…

 

O Ciclo da Herança (Inheritance Cycle) Editora Rocco

E aproveitando esse clima de páscoa e ovos de chocolate… Imagina você encontrar aí na floresta que você mora um ovo de dragão?!!

Uma pedra? Nãããão, ovo de dragão!

Eu confesso que iria amar, eu sou muito fã de dragões!

Mas, se você está querendo curtir uma série sobre cavaleiros, dragões, elfos e etc, eu super recomendo o Ciclo da Herança. Com certeza essa é uma das minhas séries favoritas. Por favor, não confunda aquele filme horrível com o livro…

Enredo:

É uma série de fantasia épica do escritor norte-americano Christopher Paolini. Passada no mundo fictício da terra de Alagaësia, a história se foca Eragon, em um rapaz de 17 anos – acompanhado de seu dragão, Saphira – na luta contra a tirania do Imperador Galbatorix. Olhando assim parece até Asterix e etc, mas não, o livro é realmente bom… Eragon e Saphira precisam libertar o Alagaësia do tirano e ainda reviver a Ordem dos Cavaleiros de Dragões que foi destruída anos atrás pelo mesmo imperador.

As capas brasileiras dos livros (Editora Rocco)

Tudo o que se passa nos livros sempre é falado pelo ponto de visto de Eragon ou o de Saphira, às vezes até pelos dois devido ao elo mental entre dragão e cavaleiro.

O que eu gostei muito foi o fato do autor ter criado um mundo que embora tenha suas semelhanças com Tolkien e coisas do gênero, ainda consegue ter sua identidade própria. O próprio Tolkien não tirou suas ideias do nada, se você já leu mitologia nódica, sabe bem o que estou falando… O mundo do senhor dos anéis e do RPG não passa de uma releitura feita dessa mitologia.

Pois bem, aqui em Alagaësia a dinâmica é parecida. A parte isso, eu achei fantástico os quatro livros. Inclusive acho que essa foi a série que mais me deu dor de cabeça – os dois primeiros livros foram lançados em períodos próximos (2003/2005), porém o penúltimo foi lançado em 2010 e seria o fim da saga, mas aí o autor decide nos dizer que haverá ainda outro… E esse aí só foi lançado em 2011 e eu já estava desesperada…

Mapa de Alagaësia

Mas no fim a espera valeu a pena. O livro não decepcionou.

Durante toda a saga é fácil ver o crescimento e o desenvolvimento do personagem, o quento ele sai de camponês para aprender a ser um cavaleiro, não um que foi escolhido e preparado, mas aquele que foi possível e ele teve que correr muito atrás e perder muitos pelo caminho para poder ser o que se esperava dele. A relação dos humanos com os elfos no mundo de Paulini é um pouco diferente, você percebe bem como as raças pensam e agem de modo completamente diferente e o quanto o tempo é relativo para os dois.

Com relação à Saphira, também ela amadurece muito durante os livros e cresce para se tornar sábia e conselheira de seu cavalheiro. A relação dos dois é tão bonita que é impossível você não desejar ter um dragão pra você também, um que você possa compartilhar um carinho e amor tão profundo. Ela protege Eragon acima de tudo e ele a ela.

Saphira bebezinha, a única coisa legal do filme é ela que está bem feita…

Os outros personagens também são muito bem elaborados, os principais são:

Brom: Simples contador de histórias de Carvahall, em tempos passados foi um destemido Cavaleiro, que lutou contra os Renegados junto do seu dragão, matando grande parte deles. Seu dragão Saphira morreu e Brom ajuda Eragon a fugir de Carvahall preparando-o para que se torne um verdadeiro Cavaleiro, ensinando esgrima e magia. Brom oferece-lhe também Zar’roc, a espada de Morzan, que ele roubou depois de o matar.

Arya: Embaixadora dos Varden e filha da Rainha Islanzadi (Rainha dos elfos). É a elfa que mais participa na historia, tem motivos pessoais para destruir Galbatorix, por ele ter morto os seus amigos elfos Faolin e Glenwing. Uma grande guerreira, é sábia, forte, disciplinada e desafiadora.

Roran: Primo de Eragon, filho de Garrow e Marian, tudo o que ele queria era casar com Katrina. Mas ter um Primo cavaleiro dificultou as coisas, pois a sua aldeia foi destruída e Katrina raptada, e pioraria se ele não convencesse os aldeões a segui-lo.

Nasuada: Filha de Ajihad. Uma líder excelente, todos os Varden gostam dela. Corajosa, perspicaz, inteligente e capaz, luta tanto quanto um guerreiro apesar de jovem.

Murtagh: Filho de Morzan (O renegado), detesta o seu pai, tanto pelo que foi como pelo que fez. Tem uma cicatriz nas costas infligida por ele.

Bom com isso acho que já deu para você conhecer um pouco sobre a história e ver se você quer ler ou não. Minha avaliação final dos 4 livros foi:

Um controle de ouro! A série é realmente muito boa e bem elaborada e o final dela não é nem um pouco clichê (eu até queria que fosse, mas….) enfim, vale a pena…

E vocês já leram? Querem ler?

Avaliação: livros, filmes, jogos, etc etc etc

Olá minha gente…

Eu sei que muita gente já faz isso, mas quem liga?

Nesse espaço eu vou dividir com vocês minha avaliação sobre livros, jogos ou filmes que eu tenha lido, jogado ou visto. Claro que eu não sou especialista de “porríssima” nenhuma, mas se mesmo assim você quiser ler, fique super à vontade inclusive para comentar, nem que seja contra… Pode me xingar é moderado mesmo…

Mas enfim só queria explicar o que significa cada coisa na avaliação já que isso aí foi invenção da minha cabeça…

O controle de ouro é dado para aqueles que se destacam, aqueles que superam as expectativas. Ganha controle de ouro aquele tipo de livro que é o preferido, que te deixa envolvido na história de uma forma que você não consegue largar, ou o jogo que enquanto a gente não zera não sossega, ou o filme que você sai do cinema tipo: Mééééu irmãããão que foda!

O controle de prata é dado para aqueles que são legais. Tipo legal que você lê acha maneiro, mas não vai reler, ou se já zerou vai ficar guardado na prateleira ou se viu o filme e achou maneirinho, mas espera algo mais. Não foi isso tuuuudo, mas deixou uma marquinha…

O controle normal é para as coisas tipo…. normal. Sabe aquele filme meia boca, que você chega a ficar meio puto porque o cara fez uma história meio nada a ver, ou um jogo que você começa e perde a graça de continuar, ou um livro que você não consegue acabar de ler porque tem um monte de coisa mais legal pra fazer… É tipo assim…

E por fim…

O controle remoto… Esse aí mermão é para aquelas coisas que você fica realmente puto de ter gasto dinheiro, tempo, etc. É aquele típico filme que você dorme ou sai no meio, livro que não dá pra ler (simples assim) ou jogo que você até dá para alguém só para se livrar daquela bosta…

Enfim, as categorias são essas, espero que gostem!

X-Men: Dias de um Futuro Esquecido

Ai meu jesuscristinho!

Saiu o último trailer do X-Men: Dias de um Futuro Esquecido (X-Men: Days of Future Past)!

No futuro, os mutantes são caçados impiedosamente pelos Sentinelas, gigantescos robôs criados por Bolívar Trask (Peter Dinklage). Os poucos sobreviventes precisam viver escondidos, caso contrário serão também mortos. Entre eles estão o professor Charles Xavier (Patrick Stewart), Magneto (Ian McKellen), Tempestade (Halle Berry), Kitty Pryde (Ellen Page) e Wolverine (Hugh Jackman), que buscam um meio de evitar que os mutantes sejam aniquilados. O meio encontrado é enviar a consciência de Wolverine em uma viagem no tempo, rumo aos anos 1970. Lá ela ocupa o corpo do Wolverine da época, que procura os ainda jovens Xavier (James McAvoy) e Magneto (Michael Fassbender) para que, juntos, impeçam que este futuro trágico para os mutantes se torne realidade.

Bom eu estou esperando muito esse filme. Eu gosto muito da franquia de X-Men… Tá, eu sei, como toda a franquia de super heróis sempre tem uma coisa lá e cá que fica faltando e que a gente não gosta tanto, mas no geral eu curto muito a franquia.

Eles conseguiram unir no filme dois assuntos que eu amo muito: Super heróis e viagem no tempo (ou algo mais ou menos assim), vamos ver no que vai dá.

Como tudo na vida a gente tem que ficar esperando ansiosamente enquanto eles ficam divulgando uma fotinho aqui e acolá… Mas agora, pra matar a gente de vez, resolveram fazer um – com o perdão da palavra – fodástico trailer final, se o filme for nessa vibe eu já amei e comprei o blueray WOW!!!!! Sem contar a trilha sonora…

Quer ficar desesperado você também? Então veja!

E aí? Gostou? Agora espera que é só dia 22 de maio… 😦